Mesa portátil de papelão que suporta até uma pessoa adulta

Uma equipa de designers da Nova Zelândia criou uma mesa portátil de papelão chamada de “Refold” (“Dobre” em português) que prometem ser  “flexível, dobrável, portátil, acessível e 100% reciclável.”

A mesa, desenhada por Fraser Callaway, Oliver Ward e Matt Innes, pode suportar o peso de um adulto, apesar de pesar apenas 6,5 kg. Ela pode ser dobrada para a posição sentada, a posição de pé, ou em forma de carteira-portátil.

Confira a sua campanha Kickstarter para mais informações! Uma parte da venda do produto será doada para ajudar a UNICEF New Zealand a criar melhores oportunidades de educação para as crianças nas ilhas do Pacífico.

Ler mais

Reunião com a Delegação da Ordem dos Advogados de V. N. de Famalicão

Na passada quinta feira, o Bloco de Esquerda reuniu com a delegação de V. N. de Famalicão da Ordem dos Advogados, num encontro que serviu para analisar as recentes alterações do Mapa Judiciário naquilo que diz respeito a Vila Nova de Famalicão e, de uma forma geral, a situação da Justiça.

Foi manifestado pelos representantes da OA que a população de Vila Nova de Famalicão saiu a perder com a recentes alterações no Mapa Judiciário, principalmente pelo facto de o nosso tribunal ter pedido as Instâncias Centrais Criminais e Cível. Com especial significado pelo facto de processos cíveis de valor superior a 50 mil euros passarem a ser julgados no tribunal de Guimarães, com todos os custos em termos de tempo e despesas com deslocações daí resultantes para advogados e principalmente para as populações.

Para a delegação da OA, o tribunal de Famalicão tinha e continua a ter todas as condições físicas e materiais para continuar a ter estas duas instâncias centrais e ainda receber as novas valências. Conclui-se assim que estas alterações tiveram claramente motivações políticas, pois só assim se entende estas alterações.

Ler mais

O sofá amarelo

Anda muita gente empolgada por a Câmara de Famalicão colocar algures na cidade um sofá amarelo onde se pode dar contributos para o futuro do município.
À primeira vista até parece uma boa ideia, no entanto convém enquadrar as coisas.
Há mais de oito anos que a maioria PSD/CDS que governa os destinos de Famalicão tem vindo a chumbar propostas do Bloco de Esquerda (e de outros partidos) para implementar o Orçamento Participativo, onde a população poderia propor e decidir sobre uma parte das verbas do OM, à semelhança daquilo que acontece já em vários municípios do país.
Também outros instrumentos de participação efetiva das populações nos destinos do município não passam de ideias que só existem em teoria, refiro-me concretamente à Agenda 21 local e à Cidade Educadora.
Escusado será repetir que sistematicamente a Câmara Municipal ignora as recomendações aprovadas pela Assembleia Municipal quando são propostas por partidos da oposição. Em alguns casos só muito mais tarde as coloca em prática como se fossem suas.
Mas já que existe um sofá amarelo, importa questionar:
– Até que ponto as propostas apresentadas pela população serão implementadas se forem contrárias ao programa eleitoral da Coligação PSD/CDS que ganhou as últimas eleições autárquicas?
– Quem irá determinar a aplicabilidade e fará a triagem das mesmas propostas?
Show-off não contribui para um desenvolvimento equilibrado.

Visitas às Corporações de Bombeiros

Visita às corporações de bombeirosDurante a semana passada, o Bloco de Esquerda efetuou visitas às 3 corporações de bombeiros do concelho de Vila Nova de Famalicão.

Estas visitas acontecem em pleno período de maior exigência para os soldados da paz, com os fogos florestais, mas também no cumprimento do compromisso do BE em voltar a visitar as corporações fora da campanha eleitoral.

Nos Voluntários Famalicenses destacamos o projeto do centro de formação a construir em Outiz e que será o maior na região. Conhecemos também o novo comando que recentemente assumiu funções.

Ler mais

“Entregar a privados a recolha de lixo só pode resultar numa degradação do serviço prestado”

José Luís Araújo e Paulo Costa

Em Conferência de Imprensa, o Bloco de Esquerda de V. N. de Famalicão manifestou a sua oposição à intenção da Câmara Municipal entregar a privados o serviço de recolha de resíduos sólidos urbanos.

Para Paulo Costa, deputado municipal do BE, a anunciada redução dos custos para o município só pode resultar numa degradação do serviço prestado, nomeadamente com menor frequência de recolhas.

Outra preocupação do BE prende-se com situação laboral dos trabalhadores que irão efetuar o serviço por privados, uma vez que para reduzir custos e ainda obter lucros, certamente a empresa vencedora irá optar por uma situação de precariedade laboral que irá piorar ainda mais a situação social da região.

Ler mais

Intervenção nos 40 anos do 25 de abril.

Sessão Solene da Assembleia Municipal de Vila Nova de Famalicão

 

Ex.mo Senhor Presidente da Assembleia Municipal

Ex.mo senhor Presidente da Câmara Municipal

Demais entidades aqui representadas

Minhas senhoras e meus senhores.

 

Passados 40 anos do 25 de Abril de 74, estamos hoje de novo perante a necessidade de uma nova revolução. Literalmente!

A possibilidade de hoje estarmos aqui a falar livremente é das poucas conquistas de abril que ainda vai resistindo, quase todas as outras têm vindo a ser sistematicamente atacadas.

Os sacrifícios impostos à maioria da população portuguesa, durante 3 anos, resultaram apenas num empobrecimento generalizado, no crescimento da pobreza e da miséria mesmo em quem ainda tem emprego, resultante de um brutal aumento de impostos sobre o trabalho e sobre as pensões de quem trabalhou uma vida inteira. Assistimos à destruição do Estado Social, garante da igualdade de oportunidades e de direitos para todos, para entregar aos interesses privados os serviços de que toda a população precisa, como é exemplo flagrante o esvaziamento dos serviços públicos de saúde de proximidade e a destruição do Serviço Nacional de Saúde. Acontece o mesmo com a Justiça e com a Escola Pública.

Ler mais

Candidatura à coordenação do BE Famalicão

Tenho a honra de encabeçar a lista de unidade concorrente às Eleições para a coordenadora concelhia do Bloco de Esquerda de Vila Nova de Famalicão, que se realizam no próximo sábado, dia 26. É uma equipa jovem e renovada mas que mantém a experiência política acumulada nos últimos anos. Sob o lema: Um novo ciclo na … Ler mais